O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Pensamentos e Imagens 71

Quando abençoamos o outro, oferecemos a ele um refúgio contra um mundo indiferente. 
Rachel Naomi Remen 

Eu não sei se acredito num Deus e, seguramente, não acredito no Deus como mostrado na maior parte das religiões. Para mim, o universo da transcendência e da espiritualidade é muito melhor definido pela palavra Mistério. 
Mas, muitas vezes, quando minha filha saía de casa, eu dizia a ela: “vai com Deus”. Ainda hoje digo. 
E, muitas vezes, quando algum paciente está passando por um momento na  vida particularmente difícil, também ao me despedir dele digo, alto ou silenciosamente, “vai com Deus”. 
Quando li essas palavras da Dra. Remen, essa minha aparente incongruência se esclareceu para mim. Ao dizer “vai com Deus” eu os estava abençoando, rogando aos “céus” que uma rede de proteção divina se estendesse sobre eles e tentando dizer para não  sentirem-se tão sós ou desamparados, que eu estava aqui para eles, se precisassem.
Abençoar É oferecer refúgio!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *