O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Jung fala sobre o indivíduo


Não há e não pode haver autoconhecimento baseado em pressupostos teóricos, pois o objetivo desse conhecimento é um indivíduo, ou seja, uma exceção e uma irreguraridade relativas. Sendo assim, não é o universal e o regular que caracterizam o indivíduo, mas o único.

PRESENTE E FUTURO – págs. 14/15

1 comentário

  1. Psicóloga disse:

    Jung sempre incrível! Sou psicóloga e estou iniciando um projeto de cura do feminino ferido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *