O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Pensamentos e Imagens

Nossas escolhas sempre podem nos parecer insuficientes, porque nossa grande dificuldade é com o luto. E para cada escolha há uma perda. Se fui por aqui e não por ali, perdi tudo o que iria acontecer por ali, mas ganhei o que aconteceu por aqui. E vice-versa. Escolher é ganhar e perder, ao mesmo tempo. Dá medo, mas é assim que a gente anda. 

Eliane Brum 

Essas palavras, que estão em uma das crônicas da jornalista Eliane Brum, publicadas pela revista Época, são tão claras e contundentes, que não necessitam de mais comentários!

1 comentário

  1. Quanta verdade em coisas claras assim…

Deixe uma resposta para Beatriz Del Picchia Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *