O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Uma mulher que fala de mulheres através do cinema


Eliza Capai é jornalista e atua como documentarista com temáticas relacionadas a gênero e sociedade.
Eliza estreiou seu terceiro longa, “Espero tua (re)volta” no Festival de Berlim (2019), onde recebeu o Prêmio da Anistia Internacional e o Prêmio da Paz.Em 2016, lançou seu segundo longa, “O jabuti e a anta”, onde através de personagens ribeirinhas e indígenas, reflete sobre as gigantes hidrelétricas amazônicas. Em 2014 lançou seu curta “Severinas”, sobre a autonomia feminina no sertão. Seu primeiro longa, “Tão Longe é Aqui” (2013), onde discute a situação feminina a partir de uma viagem pela África. Para conhecer melhor seu lindo trabalho acesse: https://www.elizacapai.org/home
Vejam ela falando sobre isso e sobre si.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *