O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Ultima prática de percepção Dama e Unicórnio: PERSEVERAR


É preciso ter perseverança para fazer sua tapeçaria com a Dama e o Unicórnio, o Leão, a tenda, a ilha, os animaizinhos, as flores e frutos. É preciso fazer da vida uma obra de arte.
Com essas praticas a gente pode se conectar melhor ao que é corpo, matéria e sensação, e também ao que é espírito, sentimento e intuição. 
Juntando-os assim a vida vai virando uma grandiosa tapeçaria vermelha, de riqueza sem igual. Mesmo quando é trágica e difícil, ela é intensa e real.

 Se não mantivermos viva a conexão alma-mente-corpo, a gente pode se deixar contaminar demais pelos modismos tecnológicos, pelas diversões superficiais (o contrario de intensas), pelas pressões do sistema.
 
Ou pelo exemplo e conversa de pessoas que vivem vidas vazias, desconectados dos próprios sentidos, tanto sensoriais como metafóricos, 
que prende seus unicórnios em estreitas e mesquinhas cercas

que não lhe dão comida nem afeto, 
ferindo-o, fazendo-o com que ele 
morra de fome

ou que o matam com violência, 
negando que ele exista
Mas se a gente se deixar guiar pela Dama e cuidar do próprio Unicórnio, ele vai cuidar de nós e de nossa tapeçaria!



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *