O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Pensamentos e Imagens


O que fica para trás é uma consciência antes segura, que dispunha de categorias nas quais enquadrar as coisas e se autoconhecia, sabendo para onde rumava e por quê. Essa segurança é substituída pelo desconhecido. Pela vulnerabilidade. E por algo inexprimível e, as vezes, quase insuportavelmente novo. 
Sherry Ruth Anderson

Por mais vontade de segurança e mais medo do novo e do desconhecido, se não abandonarmos aquilo que já findou, que já encerrou seu ciclo, não nos tornamos tudo o que viemos ser nessa vida!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *