O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Junguianos falam – Liz Greene



(…) é o “instinto” de individuação, que leva um homem a tornar-se ele mesmo. Destino, natureza e finalidade são aqui uma só e mesma coisa. Meu destino é o que eu sou, e o que eu sou é também a razão por que sou e aquilo que me acontece. 

A ASTROLOGIA DO DESTINO – pág. 32

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *