O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Jung fala I: palavras de Mestre

Apesar de antigos, acreditamos que as idéias veiculadas nesses filmes não apenas são atuais, como também que não foram exploradas e assimiladas o suficiente.
E achamos que o assunto interessa não apenas a psicólogos, mas a todos que têm uma psique!

Esse filme mostra Jung e alguns junguianos falando que é preciso viver o próprio mito, conectados a algo maior que nós mesmos. Também explica sobre arquétipos, sobre o que é reprimido nos homens civilizados, e sobre o “lugar de significados” que habitamos.
E traz imagens de Jung entre índios do Novo México e tribos africanas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *