O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Filme: Minhas tardes com Margueritte


Nesse filme, Gerald Depardieu está mais Gerald Depardieu do que nunca: enorme , carismático, esplendido ator.
Ele é Germain, um sujeito que vive de bico, semi analfabeto, de grande coração, bebedor de vinho e com uma carência oculta que vamos conhecer.
Certa tarde, num banco de praça ele encontra Margueritte (Gisèle Casadesus), velhinha com senso de humor, culta, minúscula e frágil como um bibelô de vidro.

São muito diferentes, sim, mas aqui não se trata só do manjado par de opostos que se atraem porque, apesar de rude, Germain tem mais sensibilidade do que muito intelectual “refinado”, e percebe a pessoa especial que ela é.

Eles começam a conversa dando comida para as pombas, e depois dando nomes a elas:
– “Ah, essa comilona se chama Astrid, aquela exibida é a Brigite, o outro … “
Lembrei-me de que a Bíblia conta como, lá no inicio dos tempos, os homens começaram a jornada pela Terra nomeando as coisas que vêem:
– “Isso se chamará carneiro, aquilo barro, aquilo árvore...”

Assim foi se formando o entendimento humano a respeito do mundo.
Depois inventaram-se livros para fixá-lo e armazená-lo.
Assim Germain e Marguerite nomeiam e criam histórias para as pombas.
E depois também passam disso aos livros.

Ela vai introduzi-lo à literatura através da empatia que se forma entre os dois, e entre os dois e as obras que lêem juntos.
É a magia de um bom livro: você sabe do que ele está falando.

Ela corre o risco de ficar sem moradia, ele se enrola com a namorada, e a gente se emociona acompanhando seus altos e baixos em cenários e charme bem franceses.

Com direção de Jean Becker (de Conversas com meu jardineiro) e baseado no livro “La Tête en Friche”, esse filme delicado traz um olhar moderno e amoroso sobre a amizade, os livros e a velhice.

Se você gostou desse post, poderá gostar também de Dois Fimes, duas mulheres, dois amores
 Texto de Beatriz Del Picchia
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *