O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Danças circulares e o equilíbrio de energia feminina

Ser pioneira também requer uma força de líder que pode beirar a
força masculina… Mas, a partir do momento em que comecei a trabalhar com as danças circulares e com os grupos, minha energia se tornou muito mais suave.

Aprendi a equilibrar a objetividade e a assertividade com as qualidades de envolvimento e compaixão; e, principalmente, comecei a amar mais.
Quando a dança entrou na minha vida, o feminino se tornou mais presente.
Atualmente, posso dizer que sei entender a diversidade e respeitá‑la; e a forma do círculo é essencialmente feminina, propiciando o reconhecimento de valores tais como inclusão, compaixão, amorosidade.

Depoimento de Renata Ramos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *