O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Há muito preconceito contra lésbicas

“Eu cheguei à conclusão de que o preconceito internalizado é o mais difícil de lidar. É preciso trabalhar anos e anos para ir se livrando dessa carga. E a pessoa que…

Hoje você lembrou de lembrar de si mesma?

Há mil maneiras de esquecer de si mesma e de se enganar. Trabalhar demais é uma das maneiras de se esquecer de si, não admitir que quem amamos está nos…

Até que ponto vale a pena insistir em se adaptar?

Em dos mais belos textos de Mulheres que correm com os lobos, Clarissa Pinkola diz: “Se você tentou se adaptar a qualquer tipo de forma e não conseguiu, talvez você tenha…

Por que os gatos são associados às mulheres e às feiticeiras?

Desde sempre gatos são animais ligados ao feminino. Eram consagrados a Isis, cultuados como entidade lunar e acreditava-se que possuem o dom da vidência pois “enxergam no escuro”. Também são…

Chorar a dor de ser diferente

Naquele dia meu terapeuta me disse: “Não adianta, você não é igual à maioria das pessoas, vai ter de aceitar isso”! Eu lembro bem, voltei sozinha para Ubatuba de ônibus…

O que preciso terminar para que outra coisa possa começar?

“Ao que preciso dar mais morte hoje, para gerar mais vida? O que sei que precisa morrer em mim para que eu possa amar? (…) O que deveria morrer hoje?…

Se você não tem suporte, você suporta

“Os círculos podem dar acolhimento, fazer nascer e crescer a irmandade e a força da reunião de mulheres. Na verdade, a mulher que sofre algum tipo de abuso sofre porque…

Será que devo ser tão boazinha assim?

A pessoa que se acha muito boazinha e não reconhece as próprios imperfeições e falhas tem mais dificuldade de lidar com as dos outros. E isso também a deixa mais…

Rapunzel pergunta: que torre confortável te prende?

Em Mulheres que correm com os lobos, Clarissa Pinkola fala como é difícil sair das torres da vida: – “Com frequência, ouvimos vozes interiores que nos estimulam a recuar, a permanecer…

Quando a criatividade vira veneno: a menina da ervilha

“Se alguém possui um dom criativo e por preguiça ou alguma outra razão não o utiliza, essa energia psíquica vira puro veneno. É por isso que frequentemente diagnosticamos neuroses e…

Às vezes a gente é princesa, às vezes é a bruxa – sugestão de livro novo

Quem nunca se sentiu uma solitária Rapunzel presa numa torre, uma Gata Borralheira desprestigiada ou uma Chapeuzinho perdida em algum atalho? Pensando nisso, escrevi um pequeno livro onde 14 meninas…

10 anos do site “Feminino e o Sagrado”

Em junho desse ano louco que estamos vivendo, nosso site – antes blog – completou 10 anos. Talvez por causa da vivência do tempo tão impactada nesse 2020 essa data…