O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Antiga invocação à Deusa Terra para o uso das ervas medicinais

tacuinum1

Essa linda evocação inglesa do século XII devia ser feita quando um curador que tivesse a “arte da medicina”  ia usar uma erva medicinal.

Ele pede à Mãe Natureza que lhe dê o Bom Remédio, evocando seus poderes para ajudá-lo a escolher a erva e pede à propria erva, em nome Dela,  que a cura fosse ativada.

Eu a colhi no livro A deusa Branca, de Robert Graves, onde o autor também afirma que o próprio Deus da Medicina se curvava diante dessa poderosa Deusa que hoje tanto desrespeitamos.

 

erbs2

Terra, divina Deusa, Mãe Natureza, que crias todas as coisas e que eternamente podes parir o sol que desce às nações, guardiã do céu e do mar e de todos os deuses e potestades, sob tua influencia toda natureza se aclama e se põe a dormir. Depois, quando desejas, tu envias a alegre luz diurna e ensinas a vida, tua eterna garantia.

Quando o espirito do homem desfalece, é em tua direção que ele retorna. Tu és, com muita correção, chamada de Grande Mãe dos Deuses; a Vitoria está em vosso divino nome.

Ó Deusa, eu te adoro como divina, invoco teu nome; digna-te a conceder o que peço e dirigirei minha gratidão a tua divinidade, com a fidelidade que te devo.

Agora também vos peço, ó poderes e ervas, dirigindo-me à vossa erbsmajestade. A vós eu rezo, a vós a quem a Terra, Mãe Universal, fez nascer e dar-vos como remédio a todos os povos, recobrindo-vos com vossa majestade, sede, no momento, altamente benéficos para a humanidade.

Eis o que vos peço em minha prece: estai presentes aqui com todas as vossas virtudes, pois aquela que vos criou garantiu que posso vos invocar com a boa vontade de quem recebeu a arte da medicina; assim,concedei, por graça da saúde, o bom remédio em nome daqueles poderes já mencionados.

 

2 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *