O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

O Chamado de Maria

Em mitologias do feminino muitas lendas contam que a união de uma mulher comum com um ser extraordinário ou divino inauguram mudanças na vida humana. Por exemplo, uma lenda nativa americana, outra asiática e outra da Polinésia contam (quase a mesma história) como a união de uma jovem com um ser mítico trouxe a agricultura aos homens, que antes viviam só da coleta e da caça.

Também o SIM de Maria também é o anuncio de uma nova mudança para a humanidade.  Deveríamos sair de uma Era pagã onde havia pouco respeito aos “inferiores” – inimigos, escravos, servos, mulheres, criminosos, políticos do lado oposto, etc – para outra Era cujo lema seria o “amai-vos uns aos outros” que Cristo pregou. Ao menos essa era a ideia. Se foi e é cumprido pelos que se dizem seus seguidores, representantes e instituições, cabe a cada uma de vocês julgar.

Amai-vos uns aos outros, que coisa complicada! Significa amai a todos os outros. Inclusive aos inimigos, aos pecadores, aos fracos, feios, aos que nos magoam, aos que pensam de modo oposto ao nosso, aos que não entendemos e que não nos entendem, aos corruptos, delinquentes, malandros, maus funcionários, maus motoristas, maus políticos, maus juízes, piqueteiros, petralhas, coxinhas, furadores de fila, e ——– (preencha aqui você mesma outras categorias).

Que todos os criminosos tenham sua punição legal, rápida e justa, mas não a perseguição da sombra coletiva que habita em qualquer um de nós e se manifesta pela raiva cega, preconceitos e ódio uns aos outros, por mais que se diga que são “justificados”.

Amai-vos uns aos outros é uma ideia maravilhosa que veio ao mundo através de uma moça que disse SIM ao Chamado. Mas é uma ideia tão revolucionária que ainda não aconteceu. Talvez na próxima evolução da humanidade, quem sabe?

Por enquanto, meus votos são de que o Feminino e o Masculino que também habita cada ser humano consigam se alcançar e se amar, atravessando diferenças e nos aproximando da Plenitude.

E que possamos dizer SIM ao nosso Chamado. 

FELIZ NATAL!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *