O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Segundo a mitologia, quem tem mais prazer no sexo: o homem ou a mulher?

hermaf

Para responder a isso, Joseph Campbell conta a lenda grega de um vidente que sabia mais que os outros por ter alcançado a unidade entre o feminino e o masculino.

Talvez por causa desse pensamento mítico, em várias culturas tradicionais os hermafroditas, pessoas que tem ambos os gêneros (escultura na foto), eram considerados detentores de poderes mágicos especiais. Eles eram encarregados de fazer rituais e as pessoas morriam de medo de ofendê-los, pois uma praga sua era desgraça certa. 

E será que o que a lenda abaixo afirma sobre o gozo no sexo é verdade? Será por acaso que Hera, a rainha das deusas, não gostou da resposta de Tirésias? Essa ideia sobre o prazer feminino vinda de uma sociedade fortemente masculina e patriarcal como a grega dá o que pensar!

tiresias-krauss-1418EF79F8654432123

CAMPBELL:  (…) Tirésias caminhava um dia pela floresta, quando viu duas serpentes copulando. Colocou o seu cajado entre elas e foi transformado numa mulher, e viveu como mulher por alguns anos. Aí outra vez Tirésias, mulher, caminhava pela floresta quando viu duas serpentes copulando, colocou seu cajado entre elas e foi de novo transformado em homem. Bem, um belo dia, na colina do Capitólio, a colina de Zeus…

MOYERS: O Monte Olimpo?

herm

CAMPBELL: O Monte Olimpo, sim… Zeus e sua mulher estavam discutindo, para saber quem extraía mais prazer da relação sexual, o homem ou a mulher. E nenhum deles, é claro, podia decidir, porque eles estavam em apenas um dos lados da rede, você poderia dizer. Então alguém disse:

– “Vamos perguntar a Tirésias”.

Eles então se dirigem a Tirésias, fazem lhe a pergunta e ele diz:

– “Ora, a mulher, nove vezes mais do que o homem”.

Bem, por alguma razão que eu realmente não compreendo, Hera, mulher de Zeus, não gostou da resposta e cegou Tirésias. Zeus, sentindo se um pouco responsável, concedeu a Tirésias o dom da profecia, em meio à cegueira. Há um ponto muito importante aqui: quando os olhos estão fechados para os fenômenos que distraem a atenção, você se concentra na sua intuição e pode entrar em contato com a morfologia, a forma básica das coisas.

MOYERS: Bem, qual é a conclusão, então? Tendo sido transformado pelas serpentes, primeiro em mulher, depois de novo em homem, Tirésias adquiriu conhecimento da experiência masculina e da feminina e ficou sabendo mais do que o deus ou a deusa sabiam, isoladamente?

CAMPBELL: Exatamente. Além disso, ele representava simbolicamente a unidade dos dois. E quando Ulisses foi enviado ao mundo das sombras, por Circe, sua verdadeira iniciação veio através de Tirésias, que propiciou a ele a consciência da unidade do masculino e do feminino.

 

Trecho do livro O Poder do mito, Ed. Palas Athena.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *